Como corrigir o código de parada do Windows 0xc000021a

 

Este guia explica como corrigir o código de erro STOP CODE 0xc000021A. Se você estiver tendo problemas para inicializar no Windows 10, isso pode ser causado por vários problemas. Neste artigo, mostraremos como descobrir o que há de errado com seu computador e corrigir o problema.

Como corrigir o erro BSOD 0xc000021a no Windows 10

0xc000021a é um dos erros de tela azul da morte mais comuns em PCs com Windows 10. Esse problema ocorre devido à corrupção de algum arquivo de sistema importante. Quando o sistema operacional detecta um erro, ele alterna para o modo kernel. Nesses casos, torna-se muito difícil solucionar o problema porque não há um motivo específico por trás dele. No entanto, podemos identificar facilmente a causa do problema. Podemos até resolver o problema sem ter que instalar ferramentas de terceiros. Tudo que você precisa fazer é seguir os passos mencionados abaixo.

Etapas para corrigir o erro 0xc000021a no Windows 10 PC

1. Reinicie o computador. Solucionar problemas > Opções avançadas > Configurações de inicialização > Reiniciar.

2. Pressione e segure a tecla Shift enquanto reinicia o computador.

3. Selecione a opção Modo de segurança na lista de opções exibidas na tela.

4. Clique no botão Avançar para continuar.

5. Quando chegar à área de trabalho, abra a janela do prompt de comando pressionando as teclas Win + X juntas.

1. Inicie o Windows 10 no modo de segurança com rede

O erro 0xc000021a ocorre devido a alguns problemas nos arquivos de sistema incompatíveis. Se você não conseguir acessar seu PC normalmente, tente iniciá-lo no modo de segurança com recursos de rede. Você pode fazer isso pressionando a tecla F8 repetidamente durante a inicialização do computador.

2. Clique em “Iniciar”, digite “cmd” na caixa Pesquisar e pressione Enter.

3. Na janela do prompt de comando, digite “cd %systemroot%\System32”. Pressione Enter.

4. Digite “regedit” sem aspas e pressione Enter.

5. Encontre o arquivo regedit.exe na lista e clique duas vezes nele.

6. 7. Exclua os seguintes valores:

2. Inicialização limpa do Windows 10

Quando você inicia seu PC com Windows 10, ele carrega tudo o que é necessário para funcionar sem problemas. Isso inclui o próprio sistema operacional, aplicativos como Internet Explorer, Microsoft Edge e até a imagem de fundo da área de trabalho. Se algo der errado durante o processo de carregamento, no entanto, as coisas podem dar errado. Por exemplo, se houver muitos arquivos abertos, o programa pode travar. Ou, se você não desligar corretamente, o disco rígido pode ficar danificado. Em ambos os casos, você deve limpar a bagunça antes de prosseguir. Aqui está como fazê-lo.

Etapa 1: desligue o computador

Antes de começar, verifique se o computador está desligado. Você não poderá acessar seus dados se ainda estiver conectado.

Passo 2: Abra o Gerenciador de Tarefas

A maneira mais fácil de abrir o Gerenciador de Tarefas é pressionar Ctrl+Shift+Esc. Etapa 3: clique na guia Processos

Depois de abrir o Gerenciador de Tarefas, role para baixo para encontrar a lista de processos em execução. Procure por qualquer coisa chamada explorer.exe. Se você o vir listado, feche a janela.

3. Execute o reparo de inicialização

Se você estiver com problemas para iniciar o Windows 10 corretamente, talvez seja hora de usar a ferramenta de reparo de inicialização integrada. Essa ferramenta é executada automaticamente sempre que você liga o computador e ajuda a corrigir problemas comuns, como drivers ausentes, arquivos corrompidos e erros de registro. Se você não quiser esperar que a ferramenta termine de reparar seu sistema, você pode usar um disco de instalação ou unidade USB para executá-lo manualmente.

Aqui, você encontrará opções para inicializar no modo de segurança, solucionar problemas e redefinir seu PC. Você também pode baixar a versão gratuita do utilitário Restauração do Sistema da Microsoft para ajudá-lo a recuperar sua máquina de volta ao estado anterior. Para fazer isso, acesse www.microsoft.com/systemrestore e siga as instruções.

Como criar a mídia de instalação do Windows 10 (em um PC em funcionamento):

Se você está procurando como fazer uma unidade flash USB inicializável de instalação do Windows 10, temos algumas dicas para você. Você pode usar o arquivo de imagem ISO gratuito do Microsoft Windows 10 para fazer exatamente isso. Se você ainda não tiver um, precisará baixar o arquivo ISO aqui. Uma vez baixado, basta copiar todo o conteúdo do arquivo ISO em uma unidade flash USB. Recomendamos o uso de um pendrive de 16 GB ou 32 GB. A formatação da unidade USB é opcional; no entanto, é altamente recomendável fazê-lo. Dessa forma, você não terá problemas mais tarde ao tentar instalar o Windows 10.

Depois de formatado, insira a unidade flash USB na máquina de destino e reinicie o sistema. Quando solicitado, selecione “Experimentar o Windows sem instalar”. Após a conclusão do processo de configuração, você poderá acessar o Windows 10 via Live Mode. A partir daí, você pode executar uma instalação limpa do Windows 10.

Como executar o Reparo de Inicialização (no PC com defeito):

Se você estiver tendo problemas para inicializar o Windows 10, tente executar o Reparo de Inicialização. Esta ferramenta irá verificar o seu disco rígido em busca de problemas e corrigi-los automaticamente. Você nem precisa reiniciar o computador.

Para fazer isso, siga estas etapas:

1. Conecte o dispositivo de armazenamento USB externo ao seu PC.

2. Abra o Menu Iniciar. Digite “recuperação”. Selecione “Opções de recuperação” e selecione “Reparo de inicialização”.

3. Clique no botão “Reparar meu computador”.

4. Aguarde enquanto o sistema verifica todo o disco rígido em busca de erros. Após a digitalização terminar, clique no botão “Corrigir todos os problemas”.

5. Reinicie seu PC.

4. Desativar a aplicação de assinatura de motorista

Drivers não suportados podem levar a sérios problemas em seu computador, como erros de tela azul como 0xC000021A.

Esse problema ocorre quando você instala o Windows 10 versão 1803 ou posterior. Se você estiver executando o Windows 10 versão 1903 ou posterior, deverá desabilitar a imposição de assinatura de driver antes de instalar novos drivers. Para fazer isso, siga estas etapas:

1. Abra o Gerenciador de Dispositivos.

2. 3. Clique com o botão direito do mouse em cada dispositivo e selecione Propriedades.

4. Selecione a guia Driver.

5. Desmarque Ativar imposição de assinatura de driver.

6. Feche o Gerenciador de Dispositivos.

Mas você pode corrigir isso desativando a imposição de assinatura de driver:

O sistema operacional Microsoft Windows 10 inclui um recurso chamado Driver Signature Enforcement (DSE). Esse recurso ajuda a proteger contra infecções por malware, impedindo que os drivers sejam carregados, a menos que sejam assinados digitalmente pela Microsoft. Se o DSE estiver ativado, ele exigirá que as assinaturas sejam instaladas em cada dispositivo que usa um driver específico. Por exemplo, se um computador tiver uma placa gráfica e uma placa de som, ambos os dispositivos deverão ter certificados digitais válidos instalados antes que o sistema operacional carregue o driver correto para qualquer um deles.

Se um programa malicioso tentar carregar um driver sem certificado, o sistema operacional exibirá uma mensagem de aviso informando ao usuário que há algo errado com o driver. Além disso, o sistema operacional impede que o driver seja carregado completamente.

No entanto, algumas pessoas relataram ter visto telas azuis da morte (BSOD) ao tentar usar certos programas. Esses BSODs ocorrem porque o sistema operacional não consegue identificar corretamente o driver que está causando o problema. Como resultado, o sistema operacional trava.

Em muitos casos, a causa do problema é devido a um arquivo de registro corrompido. Um arquivo de registro corrompido causa problemas como esse porque contém informações incorretas sobre a configuração de hardware da máquina. Quando o sistema operacional tenta carregar um driver, ele verifica o arquivo de registro para ver que tipo de hardware está presente. Se o arquivo de registro estiver ausente ou danificado, o sistema operacional não reconhecerá o hardware corretamente e não carregará o driver apropriado.

Para resolver o problema, siga estas etapas:

1. Abra o Editor do Registro pressionando a tecla Windows + R, digitando regedit na caixa de diálogo Executar e clicando em OK.

2. Navegue até HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\services\LanmanServer\Parameters.

Se não funcionar, você pode usar o Prompt de Comando:

No Windows 10, há três maneiras de acessar o prompt de comando. Você verá algo assim:

Para desabilitar o Secure Boot no Windows 10, você deve fazer uma das seguintes coisas:

1. 2. Abra a janela do prompt de comando digitando cmd na caixa de pesquisa e pressionando Enter

3. Pressione Ctrl+Alt+Delete e selecione Gerenciador de Tarefas

4.

Como desabilitar o Secure Boot nas configurações do firmware UEFI:

Se você quiser usar o Windows 10 Home Edition, ele requer inicialização segura habilitada. Se estiver executando o Windows 10 Pro, Enterprise ou Education, você deve desabilitar o Secure Boot para instalar o Windows 10. Você pode fazer isso abrindo o utilitário de configuração do BIOS (tecla F2 durante a inicialização), selecionando “Security” e desativando Secure Bota. Uma vez desativado, reinicie o computador e selecione a mídia de instalação do Windows para iniciar o processo.

Quando você desativa o Secure Boot, existe o risco de instalar um sistema operacional desconhecido. Isso pode causar problemas como loops de inicialização, arquivos corrompidos e perda de dados. Para evitar esse problema, certifique-se de ter feito backup de arquivos importantes e instalado um disco de recuperação.

5. Corrija a corrupção do disco rígido

A falha do disco rígido é um dos motivos mais comuns pelos quais você está recebendo o código de erro 0xC000007B. Esse erro geralmente ocorre devido a danos físicos ao dispositivo de armazenamento. Você pode corrigi-lo executando o comando CHKDSK. Se você não sabe como executar o comando CHKDSK, siga nosso guia: “Como usar o prompt de comando do Windows 7”.

6. Repare arquivos de sistema corrompidos

Há muitas razões pelas quais você pode querer corrigir arquivos de sistema corrompidos. Por exemplo, você pode estar tendo problemas para inicializar no Windows 10 porque não consegue encontrar o arquivo do sistema operacional. Ou talvez você esteja tentando instalar um programa que requer alguns arquivos ausentes. Em ambos os casos, reparar arquivos de sistema corrompidos é uma das melhores maneiras de resolver o problema. Este artigo explica como fazer exatamente isso.

7. Atualize drivers antigos

Os drivers são importantes para todos os PCs porque ajudam a melhorar o desempenho, aumentar a segurança e fornecer funções essenciais, como conectividade Wi-Fi. No entanto, drivers antigos podem causar problemas durante a inicialização do Windows. Esse problema ocorre quando você tenta iniciar o sistema operacional sem atualizar os drivers de dispositivo. Para resolver esse problema, você deve instalar a versão mais recente dos drivers. Se você não quiser fazer isso manualmente, sempre poderá baixar uma ferramenta de atualização automática de driver.

Há muitas maneiras diferentes de atualizar os drivers. Uma das melhores maneiras é usar um atualizador de software automático. Essas ferramentas verificam seu computador em busca de drivers desatualizados e baixam e instalam automaticamente as versões mais recentes. Alguns dos mais populares incluem DriverMax, Driver Easy e Driver Alert.

8. Reverta drivers incompatíveis

Drivers incompatíveis são aqueles que não funcionam bem com o Windows 10. Eles geralmente são causados ​​por aplicativos de terceiros que instalam drivers desatualizados. Se você instalou recentemente um novo hardware, como uma impressora ou unidade de disco rígido, é possível que não consiga usar alguns recursos devido a drivers ausentes ou incompatíveis.

Para corrigir esse problema, volte para uma versão anterior do Windows 10. Você pode fazer isso pressionando o botão Iniciar, digitando “Windows Update”, clicando em Configurações e selecionando Alterar configurações. Em seguida, selecione Recuperação em Sistema. Role para baixo para encontrar a opção de voltar às versões anteriores do Windows. Selecione aquele que você deseja usar, reinicie o computador e siga as instruções para concluir o processo.

Clique em Mais informações.

9. Repare o registro do sistema

A janela do prompt de comando é aberta. Você será solicitado a selecionar uma opção de restauração. Selecione o botão “Reparar”.

– Pressione as teclas Ctrl+Shift+Esc juntas para abrir o Gerenciador de Tarefas.

– Clique na guia Processos.

– Localize o processo chamado Microsoft.WindowsUpdate_v4.1.0.0_x86fre_en-us_14393. Este é o componente principal responsável pela atualização do sistema operacional. Clique com o botão direito do mouse e escolha Finalizar tarefa.

- Reinicie o computador.

– Abra o Prompt de Comando novamente.

– Execute o seguinte comando: regedit.exe /u “%SYSTEMROOT%\system32\Config\SAM”.

– Exclua o arquivo chamado SAM.

– Feche o Editor do Registro.

- Reinicie o computador.

10. Corrigir o BCD

Os dados de configuração de inicialização (BCD) armazenam informações sobre como inicializar no Windows 10. Isso inclui o local de drivers, arquivos de sistema e configurações. Quando você instala o Windows 10, ele cria uma cópia de backup do BCD chamada “Ambiente de Recuperação do Windows”. Caso algo dê errado durante a instalação, você pode restaurar o BCD para recuperar seu PC.

Se você receber a mensagem de erro 0xC000021A ao tentar iniciar o Windows 10, tente reparar o BCD. Para fazer isso, abra o prompt de comando e digite bcdedit /fixboot.

Você também pode corrigir o BCD com uma ferramenta de terceiros como o WinRE/Recovery Console.

11. Desinstale aplicativos de terceiros

A desinstalação de aplicativos de terceiros às vezes pode levar a problemas inesperados, especialmente se você não estiver familiarizado com o funcionamento. Se você está tendo problemas para se livrar de aplicativos indesejados, tente seguir nosso guia para desinstalá-los com segurança.

#1: Como remover aplicativos manualmente

Se você deseja excluir completamente um aplicativo sem reinstalar o Windows, siga estas etapas:

Etapa 2: digite “appwiz.cpl” na janela do prompt de comando e pressione a tecla Enter

Etapa 3: pressione Enter novamente para abrir a caixa de diálogo AppWizard

12. Desinstale as atualizações do sistema

As atualizações do sistema são projetadas para corrigir bugs e melhorar o desempenho. Algumas atualizações são opcionais, enquanto outras devem ser instaladas para que o Windows funcione corretamente. No entanto, algumas atualizações podem causar problemas se não forem removidas corretamente. Se você deseja manter determinadas atualizações, é importante desinstalar as antigas antes de instalar as versões mais recentes.

O Windows 10 inclui uma ferramenta interna chamada Assistente de Atualização que ajuda você a descobrir atualizações pendentes e instalá-las automaticamente. Você pode usar essa ferramenta para ver se há atualizações prontas para serem instaladas e para verificar as atualizações manualmente. Isso mostrará todas as atualizações que estão prontas para serem instaladas.

Se não quiser esperar por atualizações automáticas, você pode baixar e executar o aplicativo Catálogo do Microsoft Update. Em seguida, selecione Baixar atualizações manualmente no painel esquerdo. Selecione as atualizações que deseja instalar e siga as instruções.

Clique em Remover ao lado de cada atualização que você não deseja mais.

Você também pode usar o prompt de comando para desinstalar atualizações. Por exemplo, digite winupdate /uninstall 90400.

13. Desconecte dispositivos externos

O próximo passo é certificar-se de que nada conectado ao seu computador está interferindo nele. Você vai querer desconectar todos os dispositivos conectados ao seu PC, incluindo discos rígidos, portas USB, fontes de alimentação, alto-falantes, impressoras, placas de rede e qualquer outra coisa que possa causar interferência.

Se você ainda tiver problemas depois de desconectar tudo do seu laptop, abra o Gerenciador de dispositivos e procure por qualquer coisa que pareça suspeita. Se houver algo listado em “Outros dispositivos”, clique duas vezes nele para iniciar a janela Propriedades. Clique na guia Hardware e role até a parte inferior para encontrar uma seção chamada "Status do dispositivo". Verifique se o status é "Não está funcionando" ou "Offline". Se estiver "Online", você saberá que o dispositivo está funcionando bem; no entanto, se disser "Offline", provavelmente você tem algum tipo de problema de hardware.

Para corrigir o problema, você precisará atualizar seu BIOS. Para fazer isso, siga estas etapas:

1. Abra o Painel de Controle.

2. Selecione Sistema e Segurança.

3. A partir daqui, selecione Opções de energia.

4. Em Escolha o que o fechamento do computador faz, escolha Desligar.

14. Reinicializar o BIOS

Redefinir o BIOS garantirá que você esteja executando o computador corretamente. Se o problema persistir depois de fazer isso, você pode tentar um dos seguintes métodos.

Este método é recomendado se você não conseguir encontrar a causa do problema. Você pode usá-lo para testar se há algo errado com seu hardware.

Não tente corrigir problemas sem saber o que os causou. Por exemplo, se você vir um aviso sobre uma falha no disco rígido, não prossiga a menos que saiba como reparar esse problema.

Para evitar mais danos, desligue o computador imediatamente após executar as etapas descritas acima.

1. Desligue o PC

2. Remova a bateria da placa-mãe

3. Insira a bateria na placa-mãe

15. Atualize o BIOS

A melhor maneira de garantir que você aproveite ao máximo seu hardware é mantê-lo funcionando sem problemas. Para fazer isso, você precisará atualizar o BIOS em sua placa-mãe. Esse processo envolve copiar o firmware atual para um local de backup, atualizá-lo e restaurar o backup para substituir o antigo. Aqui está como fazê-lo.

16. Desative a inicialização rápida

Fast Boot é um recurso do Windows 10 que permite iniciar rapidamente o seu PC. Esse recurso foi projetado para acelerar o processo de inicialização, especialmente para aqueles que estão enfrentando tempos de inicialização lentos. No entanto, existem algumas desvantagens em desabilitar o Fast Boot. Se você decidir desabilitar o Fast Boot, certifique-se de realizar uma instalação limpa do Windows 10 antes de fazer qualquer outra coisa. Você vai querer garantir que tudo tenha o backup correto antes de continuar.

17. Ative a inicialização do BIOS legado

No Windows 10 versão 1803, a Microsoft introduziu um recurso chamado “Inicialização Segura”. Esse recurso impede que sistemas operacionais mais antigos, como o Linux, sejam executados em computadores mais novos. Alguns fabricantes de computadores usam o Secure Boot para impedir que você instale outro SO em seu PC. Se você quiser instalar o Linux em seu sistema, precisará desabilitar o Secure Boot.

Para fazer isso, siga estas etapas:

1. 2. 3. Selecione Configurações de Firmware UEFI

4. Desative a inicialização segura

5. Reinicie seu computador

6. Instale o Ubuntu Linux

7. Reinicialização

8. Você está pronto!

18. Inspecione o Visualizador de Eventos

O Visualizador de Eventos é uma poderosa ferramenta de solução de problemas que fornece informações detalhadas sobre erros do Windows. Este artigo explica como usá-lo para descobrir o que deu errado durante a instalação, inicialização do aplicativo ou desligamento.

19. Reverta o Windows 10

Reverter para uma versão anterior do Windows 10 é fácil. Apenas siga os passos abaixo.

1. Abra Configurações

2. Clique em Atualização e segurança

3. Role para baixo e selecione Alterar configurações do PC

4. Selecione Recuperação

5. Escolha Voltar

6. Siga as instruções para voltar para uma versão mais antiga do Windows 10

7. Salve as alterações e reinicie o computador

NOTA: Se você estiver tendo problemas para encontrar as opções de recuperação, pode ser porque você não tem espaço livre suficiente no disco rígido. Para corrigir esse problema, consulte nosso guia aqui.

20. Execute uma verificação de malware

As infecções por malware são um dos problemas mais comuns enfrentados pelos proprietários de computadores atualmente. Eles podem dificultar o uso do seu sistema sem causar danos. Se você suspeitar que sua máquina pode estar infectada, recomendamos executar uma verificação antimalware completa imediatamente.

Para fazer isso, baixe o Malwarebytes Anti-Malware Free Edition (MBAM). Este programa irá detectar e remover muitos tipos de software malicioso, incluindo vírus, spyware, adware, cavalos de Troia, rootkits, discadores, keystroke loggers e worms. Você pode baixar o MBAM aqui.

Uma vez instalado, execute o programa e siga as instruções. Quando terminar, selecione “Executar verificação rápida”. Após a conclusão da digitalização, pressione “Quarentena itens selecionados” e deixe o MBAM concluir a limpeza do sistema.

Se estiver com problemas para iniciar o MBAM, tente reiniciar o computador.

21. Verifique a memória do sistema

O Diagnóstico de Memória do Windows é uma das ferramentas mais importantes que você pode usar para garantir que seu computador esteja funcionando sem problemas. Todas as versões do Windows incluem essa ferramenta, mas nem sempre ela aparece automaticamente. Se isso acontecer, basta seguir estas etapas para ver quanta RAM seu PC instalou.

Etapa 2: na janela Informações do sistema, selecione a guia Desempenho

Etapa 3: selecione "Memória física do sistema" na seção Hardware

Etapa 4: role para baixo até “Memória física disponível:” e observe a quantidade listada

Nota: Sua memória física total pode diferir com base em quais programas estão abertos e em execução. Por exemplo, se você estiver assistindo a vídeos online, a quantidade de espaço livre usada por esses arquivos reduzirá a quantidade de RAM disponível para executar seu sistema operacional.

Como usar o Diagnóstico de Memória do Windows:

Se for solicitada uma senha de administrador ou confirmação, digite a senha ou forneça a confirmação. Na janela do prompt de comando, digite runmemdiag.exe /extended e pressione Enter.

A caixa de diálogo Informações do sistema é exibida. Selecione a guia Desempenho. Você pode selecionar guias adicionais para exibir informações sobre unidades de disco rígido, unidades ópticas, adaptadores de rede, etc., mas focaremos na seção Memória.

Na seção Memória, você pode ver quanta memória física está instalada em seu computador. Sua memória total inclui RAM e memória de vídeo. Por exemplo, meu laptop tem 4 GB de RAM e 2 GB de memória de vídeo. Isso totaliza 6 GB de memória.

Você também pode ver quanta memória livre está disponível. A memória livre é usada por aplicativos e programas que não requerem memória. Por exemplo, tenho 3 GB de memória livre porque estou executando o Microsoft Office 2016.

Se você quiser saber quanta memória utilizável está disponível, subtraia a quantidade de memória livre da quantidade total de memória. Por exemplo, se houver 5 GB de memória total e 3 GB de memória livre, os 2 GB restantes de memória poderão ser usados.

Para alterar o tamanho da memória livre, siga estas etapas:

1. Abra o painel de controle.

22. Execute a recuperação da imagem do sistema

Para acessar o menu Solucionador de problemas, pressione a tecla F2 repetidamente até que a tela de opções de inicialização apareça. Siga as instruções na tela para concluir o processo.

23. Use uma distribuição ao vivo do Linux

Se você quiser experimentar o Linux sem instalá-lo em seu computador, existem várias opções. Você pode usar um Live CD/DVD, que inicializa em uma versão do Linux que roda a partir de um disco em vez de ser instalado em seu disco rígido. Ou você pode baixar uma versão do Linux e executá-la diretamente de um dispositivo de memória flash, como um pendrive. Neste artigo, mostraremos como fazer as duas coisas.

CDs ao vivo

Um Live CD é basicamente um sistema operacional que se carrega na RAM enquanto roda um CD ou DVD. Isso possibilita testar o Linux sem danificar permanentemente o sistema operacional existente.

Você pode encontrar muitas versões diferentes do Linux pré-instaladas em Live CDs, incluindo Ubuntu, Fedora, Mint, etc. Eles geralmente são muito fáceis de configurar e usar porque não requerem muita configuração. No entanto, eles não funcionarão corretamente, a menos que você os conecte à Internet. Se você quiser experimentar uma distribuição Linux sem ter que conectar um monitor, teclado, mouse e impressora, você sempre pode optar por um Live CD.

Para fazer um você mesmo, você precisará gravar uma cópia do arquivo ISO do Linux em um CD ou DVD em branco. Existem muitas ferramentas on-line que podem ajudá-lo a fazer isso. Por exemplo, aqui está o que você veria se usasse o programa Brasero para gravar o arquivo ISO do Ubuntu 16.04 LTS em um CD.

A maneira mais fácil de criar um Live CD é simplesmente inserir a mídia em seu computador e reiniciar. Quando o computador for reiniciado, você verá a opção de escolher se deseja iniciar o Windows ou carregar o Linux Live CD. Escolha o último, e você verá a tela a seguir.

Aqui você pode selecionar seu idioma, digitar seu nome de usuário e senha e optar por fazer seu login automaticamente no GNOME ou no KDE. Depois de fazer isso, você poderá acessar o ambiente da área de trabalho.

Como criar um disco ao vivo do Ubuntu com Rufus:

Crie um Ubuntu LiveDisk inicializável com Rufus

Conecte uma unidade flash USB ao seu computador e certifique-se de fazer backup de todos os arquivos de log importantes antes de formatá-lo.

Selecione a letra da unidade USB

Agora estamos prontos para formatar a unidade USB. Abra o Rufus novamente e selecione a opção “Formatar”. Clique no menu suspenso ao lado de Tipo de formato e escolha FAT32.

Clique em Avançar e nomeie a unidade USB como desejar. Em seguida, clique em Iniciar.

Feito o processo, desconecte a unidade USB e insira-a em outro PC onde deseja instalar o Ubuntu. Agora abra o Rufus novamente, vá para a guia Options e altere o Target Device Path para /dev/sdX#. Substitua X pelo número da sua unidade USB. Se você não sabe qual é o número, basta conectar a unidade USB ao seu PC e verificar as propriedades do dispositivo.

Em seguida, clique em Iniciar. Isso iniciará a criação da mídia de instalação. Quando terminar, você verá uma tela como abaixo. Agora você pode fechar Rufus.

Como inicializar o Ubuntu a partir da unidade flash USB:

Inicialize no Ubuntu a partir da unidade flash USB

Desconecte a unidade flash do computador em funcionamento e conecte-a ao quebrado.

Antes de iniciar o Windows, pressione F2 para entrar nas configurações do BIOS.

Selecione “Dispositivo USB”, defina a prioridade para “Alta” e ative “UEFI”.

Salvar e sair.

O Windows agora deve iniciar novamente. Se você vir a mensagem de erro “Nenhum sistema operacional encontrado”, siga as instruções aqui.

24. Redefina o Windows 10

Redefinir o Windows é fácil de fazer. Se você souber onde procurar, é possível acessar as configurações do BIOS sem precisar ligar para o suporte técnico. Este guia explica o que procurar e como redefinir o Windows 10.

Após a redefinição, você precisará configurar seu computador novamente. Você vai querer ter certeza de que tudo está configurado corretamente.

O código de parada do Windows 0xc000021a pode ser corrigido

0xc00002a é uma daquelas telas azuis que aparecem de vez em quando. Se você o vir ao tentar iniciar o Windows 10, não entre em pânico. A boa notícia é que existem muitas soluções para ajudá-lo. Veja como corrigir o problema:

1. Reinicie o seu computador

Se você estiver enfrentando problemas com seu PC recentemente, reiniciar pode ser exatamente o que o médico receitou. Esta etapa é especialmente útil se você estiver tendo problemas para iniciar o sistema. Depois de reiniciar, verifique se o disco rígido não está falhando. Tente executar o Verificador de disco, que verificará se há erros no disco rígido.

2. Use o modo de segurança

Você pode notar que seu PC inicializa diretamente no modo de segurança. Se isso acontecer, você pode acessar o modo de segurança pressionando F8 durante a inicialização. Ao fazer isso, você verá um menu onde poderá escolher o modo de segurança. Depois de selecioná-lo, você não poderá usar o mouse ou o teclado. No entanto, você ainda poderá visualizar arquivos e pastas em sua área de trabalho.

3. Reinstale o Windows

Esta é provavelmente a solução mais drástica, mas definitivamente vale a pena considerar. Se você estiver disposto a perder tudo em sua máquina, reinstalar o Windows permitirá que você comece de novo sem perder nada importante. Tudo o que você precisa fazer é baixar a versão mais recente do Windows 10 no site da Microsoft.